As inscrições são gratuitas e terão início no dia 01/08/2017.



2º Xirimindá da Poesia Gaúcha
Dia 15 de outubro de 2017
Inscrições até 30 de setembro de 2017
Palmeira das Missões/RS

REGULAMENTO

CAPÍTULO I 
DOS OBJETIVOS
Art. 1º - O 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha, tem por finalidade a preservação, a valorização e a divulgação das artes, da tradição, dos usos e costumes e da cultura popular do Rio Grande do Sul.

Art. 2º - O 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha acontece no dia 15/10/17, na sede do CTG Sinuelo da Querência em Palmeira das Missões e é um projeto cultural desenvolvido pela 17ª Região Tradicionalista, que tem por objetivos:

a) Promover o intercâmbio cultural, além de uma retomada de consciência dos valores morais do gaúcho entre os participantes das diversas regiões culturais rio-grandenses.

b) Projetar a cultura popular e tradicional do Rio Grande do Sul em nível regional e estadual, abrindo perspectivas de amplitude além de nossas fronteiras.

c) Proporcionar a integração entre poetas, declamadores, tradicionalistas, críticos de arte, educadores, estudantes e sociedade em geral.

d) Valorizar o artista amador do Rio Grande do Sul, evitando atitudes pessoais ou coletivas que deslustrem os princípios de formação moral do povo gaúcho.

e) Divulgar a arte, a história, a cultura, a tradição e a contemporaneidade do Rio Grande do Sul, através do verso.

CAPÍTULO II
DOS PARTICIPANTES
Art. 3º - Participarão do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha todo e qualquer cidadão brasileiro, que se propuser a obedecer o presente regulamento.

Art. 4º - Todos os participantes deverão estar devidamente pilchados, conforme diretrizes do MTG.

Art. 5º - Cada participante poderá apresentar somente uma poesia, sendo ela inédita ou não.

Art. 6º - Será exigido dos participantes a apresentação de documentos originais com fotos.

Art. 7º - A não apresentação do documento original com foto, acarretará na desclassificação do mesmo.

Art. 8º - É vedada a participação dos membros da Comissão Organizadora, auxiliares, como concorrentes em qualquer circunstância.

Art. 9º - Para a realização do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha as idades serão divididas da seguinte forma:

a) Para a modalidade de Declamação as categorias serão assim divididas:
- Categoria Mirim: até 13 anos, 11 meses e 29 dias até a data do evento; 
- Categoria Juvenil: até 17 anos, 11 meses e 29 dias até a data do evento; 
- Categoria Adulta: idade mínima 18 anos.

Art. 10º - As inscrições para todas as categorias serão limitadas, sendo ela distribuídas da seguinte forma:

- Categoria Mirim: 15 participantes; 
- Categoria Juvenil: 15 participantes; 
- Categoria Adulta: 15 participantes.

Art. 11º - Os participantes que optarem por, junto com o poeta, inscreverem o poema como inédito, concorreram a melhor trabalho poético do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha.

CAPÍTULO III
DAS INSCRIÇÕES
Art. 12º - As inscrições são gratuitas e terão início no dia 01/08, através do e-mail: xirimindadapoesia@hotmail.com.

Art. 13º - Serão aceitas as 15 primeiras inscrições em cada categoria, e se caso alguma categoria não atingir o número máximo, será acrescentado mais participantes naquela que ainda não estiver preenchida, conforme o recebimento cronológico das inscrições, até completar 15 inscritos. OBS: Segue em anexo o modelo de inscrição.

Art. 14º - Junto aos dados da ficha de inscrição, o candidato deverá anexar o texto do poema a ser apresentado no 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha, sendo que o mesmo deverá marcar na ficha se o poema concorrerá na categoria poesia inédita.

Art. 15º - A ordem de apresentação será inversa a ordem de inscrição, sendo divulgada até o dia 30/09, encerrando-se as inscrições.

CAPÍTULO IV
DA COMISSÃO AVALIADORA
Art. 16º - A comissão avaliadora será de inteira responsabilidade da 17ª Região Tradicionalista e da Comissão Organizadora do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha.

Art. 17º - A comissão será constituída por 3 avaliadores e 1 revisor, de reconhecida capacidade nos assuntos da arte declamatória, cabendo a comissão a escolha de seu presidente.

§1º - Ao revisor caberá acompanhar os trabalhos de avaliação, sem neles interferir, revisar as planilhas para verificação de possíveis erros antes de entregá-las à Comissão Organizadora do evento.

CAPÍTULO V
DAS APRESENTAÇÕES E DOS CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Seção I
Das disposições gerais
Art. 18º - A comissão avaliadora atribuirá nota aos participantes, empregando os critérios estabelecidos neste regulamento, ficando a cargo dos organizadores do evento a montagem e elaboração das planilhas para todas as categorias.

§ 1º - As planilhas serão fechadas durante a realização do evento.

§ 2º - Ao proceder a avaliação, a comissão analisará, detalhadamente, o uso correto da indumentária gaúcha completa, individual podendo penalizar com até dois pontos a nota final do avaliador, o participante que não estiver adequadamente pilchado de acordo com as Diretrizes estabelecidas pelo MTG (Movimento Tradicionalista Gaúcho) para o traje atual.

Art. 19º - A Comissão Avaliadora embasará seus critérios nos seguintes quesitos:

a) Declamação: 
I - Fundamentos da voz ................................................3 pontos 
a. Impostação (1 ponto) 
b. Dicção (1 ponto) 
c. Inflexão (1 ponto) 

II – Expressão corporal ................................................2 pontos 
a. Facial e gestual (1 ponto) 
b. Postura cênica (1 ponto) 

III – Interpretação da mensagem ................................ 4 pontos 
IV - Fidelidade ao texto................................................ 1 ponto

§ 1º - Para se obter o resultado final serão somadas as notas de todos os avaliadores e dividido por 3 (número de avaliadores) para chegar na média de cada participante.

§ 2º - Em caso de empate serão estabelecidos os seguinte critérios de desempate:

a) Declamação: 
1º) maior nota de Fundamentos da voz; 
2º) maior nota de Transmissão da mensagem poética; 
3º) maior nota de Expressão Corporal; 
4º) maior nota de Fidelidade ao Texto.

§ 3º - Permanecendo o empate na modalidade de Declamação, a Comissão Avaliadora decidirá outros critérios para o desempate. Sendo soberana e indiscutível a decisão da mesma, não sendo aceito reclamações, nem recursos referentes ao resultado.

§4º - O empate será constatado no cálculo da nota final, considerando os milésimos (três casas após a virgula).

Art. 20º - Para o acompanhamento musical do participante, somente poderão ser utilizados os instrumentos: violão, viola (10 ou 12 cordas), viola de arco, violino, rabeca, gaitas, bandoneon, pandeiro e serrote musical, que terá premiação de Melhor Amadrinhador, envolvendo todas as categorias.

§ 1º - A utilização de instrumentos musicais que não estiverem descritos neste Regulamento, conforme o Art. acarretará na desclassificação do participante.

Seção II
Do Concurso de Declamação
Art. 21º - No concurso de declamação, o mesmo será dividido em 3 (três) categorias da seguinte forma: Categoria Mirim, Juvenil e Adulta, sendo elas mistas (concorrerão junto Prendas e Peões).

Art. 22º – Para todas as categorias (Mirim, Juvenil e Adulta) as poesias à serem apresentadas serão de Livre Escolha de cada participante.

§ 1º - O tema deverá ser de inspiração gauchesca, tendo como base a língua portuguesa, podendo conter termos ou pequenos trechos em espanhol ou outros idiomas de povos formadores da cultura gauchesca.

§ 2º - Os participantes entregarão à Comissão Avaliadora 1 (uma) cópia impressa do poema escolhido, sem o que, não serão avaliados.

Art. 23º - O participante terá até 10 minutos para a sua apresentação, perdendo um ponto para cada minuto que ultrapassar.

Seção III
Do Concurso de Poesia
Art. 24º - O Concurso de poesia acontecerá juntamente ao concurso de declamação envolvendo todas as categorias, onde no ato da inscrição o participante deverá optar em inscrever um poema inédito para concorrer.

Art. 25º - Sugere-se que o tema do poema inédito seja inspirado no processo de fabricação da erva-mate, avios do mate, chimarrão, carijo, Xirimindá (Chirimindé), etc.

Art. 26º - O poema poderá ser de autoria do próprio declamador.
§ 1º - Não sendo de autoria do declamador, deverá constar na fixa de inscrição o poeta e seus dados.

Art. 27º - A avaliação do poema será realizada pela mesma comissão do concurso de declamação.

Art. 28º - Será premiado o melhor trabalho poético.

Capítulo VI
DA PREMIAÇÃO
Art. 29º - Serão premiados os primeiros, segundos e terceiros que obtiverem a maior nota na soma final, de cada categoria. Recebendo a seguinte premiação:

a) Declamação Mirim: 1º Lugar – R$ 100,00 + troféu;
2º Lugar – R$ 75,00 + troféu;
3º Lugar – R$ 50,00 + troféu;

b) Declamação Juvenil: 1º Lugar – R$ 150,00 + troféu;
2º Lugar – R$ 100,00 + troféu;
3º Lugar – R$ 50,00 + troféu;

c) Declamação Adulta: 1º Lugar – R$ 150,00 + troféu;
2º Lugar – R$ 100,00 + troféu;
3º Lugar – R$ 50,00 + troféu;

d) Melhor amadrinhador: R$ 50,00 + troféu.
e) Melhor Trabalho Poético: R$ 200 + troféu.

CAPÍTULO VII
DAS DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 30º - As deliberações das comissões Avaliadora e Organizadora serão soberanas, não cabendo nenhuma contestação.

Art. 31º - Os casos omissos nesse regulamento serão decididos pelas comissões Organizadora e/ou Avaliadora do festival.

Ficha de Inscrição
2º Xirimindá da Poesia Gaúcha


Categoria: 
( ) Mirim ( ) Juvenil ( ) Adulta
Poesia:
Autor(es):
Nome do(a) Declamador(a):
Idade:
RG:
Cidade:
Telefone:
E-mail:
Amadrinhador(es):
• Se a poesia for inédita preencha os campos abaixo:
Nome do(a) Autor(a):
RG:
Cidade:
Telefone:
E-mail:

AUTORIZAÇÃO: Autorizo a Comissão do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha a promover a divulgação do poema com conteúdo exclusivo do evento, reservando-se, contudo, os Direitos Autorais, nos termos legais.

DECLARAÇÃO: Declaro, sob minha responsabilidade, que as informações contidas na Ficha de Inscrição são verdadeiras e que aceito as condições estabelecidas no Regulamento do 2º Xirimindá da Poesia Gaúcha para a participação no concurso.

___________________________
Autor(a) (Se for inédita)
___________________________
Declamador(a)

Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente:

0 comments so far,add yours

Obrigado por participar!