O programa Cantores de Bota e Bombacha é uma produção da TV Web A Plateia de Santana do Livramento e tem como proposta principal valorizar a música gaúcha produzida na fronteira e por todo o território da pampa.



O programa Cantores de Bota e Bombacha é uma produção da TV Web A Plateia de Santana do Livramento e tem como proposta principal valorizar a música gaúcha produzida na fronteira e por todo o território da pampa, além de contar um pouco da história de cada personagem que ajudou a construir a nossa identidade musical .

O programa é produzido por Matias Moura e Cláudio Silveira, é apresentado em um novo formato de documentário e promete levar até os telespectadores uma experiência audiovisual diferenciada da maioria dos programa de música gaúcha.


Cada programa é único, e conta a trajetória musical dos nossos músicos, poetas e compositores que contribuem para o enriquecimento da nossa arte musical através de seus trabalhos. Com foco essencial nos artistas do ramo, a vida e obra destes "cantores de bota e bombacha" nos é repassada de uma forma autentica e serena, tendo como plano de fundo cenários naturais e históricos de nossa cidade, valorizando também este aspecto local.

Segundo Cláudio Silveira, um dos responsáveis pela produção do programa, a importância destes registros como fontes históricas e acervos para posteriormente nortear os rumos incertos de nossa Cultura Regional.

"Vejo como uma oportunidade singular, não só de difundir mas também de esclarecer uma imagem que por algum período na história esteve esquecida, foi pejorada e deturbada sob uma ótica preconceituosa e infelizmente por "falsos representantes" teve agravamento nos fatos mencionados.


Graças a um trabalho de resgate de alguns colaboradores da Cultura sulina, ao longo do tempo a situação reverteu-se significativamente. Nós apenas nos assomamos a este seleto grupo e tentamos prestar nossa contribuição". Destacou um dos produtores do programa.

A proposta visual do programa é de valorizar cenários naturais da nossa fronteira, onde cada programa é gravado separadamente, nas primeiras gravações foram feitas ainda no mês de fevereiro tendo como fundo principal o sítio histórico Casa de David Canabarro. Já para Matias Moura responsável pela produção visual , imagens e fotografia , o programa é um registro autentico da vida e obra dos nossos artistas e possibilitará ao telespectador uma viagem sonora pela pampa gaúcha a cada edição . " Sempre quis participar de um projeto assim , e depois de vários anos ouvindo a música nativista agora tenho a chance de contribuir ainda mais para a sua divulgação juntamente com este grande amigo Claudio Silveira. Espero que o público apreciei esta viagem sonora".


Fonte e Texto: Matias Moura
Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente: