Em reunião na manhã desta terça-feira, no Gabinete do Prefeito, o Poder Executivo de Ijuí e a Associação Cultural Canto de Luz (Accal) reafirmaram parceria, garantindo a realização da sexta edição do Festival Nativista Canto de Luz e da segunda edição da Lamparina da Canção...


Foto: Site/Prefeitura/Ijuí
Em reunião na manhã desta terça-feira, no Gabinete do Prefeito, o Poder Executivo de Ijuí e a Associação Cultural Canto de Luz (Accal) reafirmaram parceria, garantindo a realização da sexta edição do Festival Nativista Canto de Luz e da segunda edição da Lamparina da Canção. A reunião serviu também para confirmar a data da programação: de 22 a 25 de novembro de 2017. “O festival é um evento que se consagra a cada ano e merece ser valorizado, até porque temos o objetivo de retomar a realização do festival nos bairros, como resposta aos inúmeros pedidos que nos chegam cotidianamente”, pondera o prefeito.

De acordo com Valdir Heck, é importante para o município de Ijuí manter políticas públicas de incentivo às diversas manifestações culturais, despertando novos talentos e oferecendo oportunidades para o seu desenvolvimento.

Realizado pela Pelo Poder Executivo de Ijuí, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo, e em parceria com a Accal e apoio de diversos segmentos da sociedade ijuiense, o Festival Nativista Canto de Luz teve sua primeira edição em 2012, quando levou ao palco 725 composições e, desde então, consolida-se como um dos principais festivais do Estado, ao reunir, anualmente, grandes nomes da música nativista e oferecer ao público um verdadeiro espetáculo musical.

Já a Lamparina da Canção surgiu no ano passado, com a proposta de se consolidar como festival dedicado a intérpretes mirins e juvenis e na primeira edição contou com mais de 70 inscrições de todo o Estado do Rio Grande do Sul. Subiram ao palco, oito cantores mirins e oito juvenis. 

Além do prefeito e do secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Sérgio Correa, participaram da reunião Vinícios Hoch, Nilo Leal da Silva, Chico Roloff, Jandir Gottschefski e Pedro Darci Oliveira. 


Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente: