XV Cavalgada da Mulher Gaúcha de Itaqui
Local – Estância Nacional – Paulo Barroso
Dias 14, 15 e 16 de agosto
Percurso 70 Km ida e volta
Homenageada – Susana Diatel Almeida

HISTÓRICO

No dia 03 de junho de 2001, reuniu-se um grupo de mulheres, convidadas pelas senhoras Marli Costa, Nara Piegas, Sirlei e Susana Almeida, no Piquete Don Lagarto, Itaqui-RS, com intuito de criar uma cavalgada somente de mulheres.

O Objetivo desta cavalgada seria; desenvolver a cultura gaúcha através do resgate da memória de nossos antepassados, buscando e divulgando valores culturais, tradicionalistas históricos da nossa região e Estado. Além da integração das entidades, famílias e amigos.

A Cavalgada da Mulher Gaúcha de Itaqui que visa integrar e promover o resgate da cultura do Estado do Rio Grande do Sul, é uma semente que foi plantada e hoje esta dando os frutos.

A cada ano é prestado homenagem a uma mulher que tenha contribuído para com o tradicionalismo sul-rio-grandense, a cavalgada sai da cidade à estância escolhida, pernoitando por dois dias, com uma programação voltada aos aspectos culturais e tradicionalistas, depois retornando para a cidade.

De 30 de junho a 1ª de julho de 2001, realizou-se a 1ª Cavalgada da Mulher Gaúcha de Itaqui. A 1ª Comissão organizadora teve as seguintes participantes: Etiane Meus, Lilian Marques, Nadia Costa Forgerine, Nara Alegre Piegas, Marli Costa, Sirlei Diatel Almeida, Eusebia B. de Freitas, Susana Diatel Almeida, Rubia Milke e Cledi Barbosa, todas representando suas entidades tradicionalistas.



Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente:

0 comments so far,add yours

Obrigado por participar!