2º RESGATE DO CANTO NATIVO

Fase Local

REGULAMENTO


Da Organização:

         Art. 1º - O 2º Resgate Do Canto Nativo– será realizado através de uma comissão organizadora nomeada especialmente para tal fim.

         Art. 2º - O Festival será realizado nos dias 06 e 07 de Junho de 2015, tendo por local o CTG Rodeio da Fronteira na cidade de Dom Pedrito.

         Art. 3º - A linha Musical do 2ºResgate Do Canto Nativo – será Música Campeira do Rio Grande do Sul, respeitando seus ritmos e variações.

Da Participação:

         Art. 4º - Poderão participar do Festival, compositores, poetas, músicos, instrumentalistas e intérpretes que deverão ser pedritense ou aqui radicados, devendo comprovar através de cópia da certidão de nascimento ou comprovante de residência, conforme o caso, desde que se submetam a este regulamento.

         Art. 5º - Cada autor poderá inscrever individualmente ou em parceria, quantas composições quiserem, estas serão analisadas pela comissão avaliadora na triagem, podendo classificar apenas duas (02) composição individualmente ou em parceria.
           
         Art. 6º - As composições deverão ser inéditas, entendendo-se como tal aquelas não gravadas, impressas, editadas ou publicadas em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto, ter participado de eventos do gênero, desde que não tenham sido premiadas.
        
         Art. 7º - As inscrições poderão ser feitas via correio para o endereço, Rua: Bezerra de Menezes, 2870, Bairro: Getúlio Vargas - Dom Pedrito/ RS – Cep: 96450-000, sendo que na parte externa do envelope deverão constar apenas o título da composição, mesmo que o pacote remetido ao festival contenha mais de uma inscrição, sem esquecer a indicação “ Resgate do Canto Nativo – Faze Local”,  

§ 1º: As inscrições também ser enviadas para o e-mail resgatedocantonativo@gmail.com em formato MP3 e letras em formato Word, juntamente com a ficha de inscrição devidamente preenchida.

Parágrafo Único: A ficha de Inscrição deverá ser preenchida com todos os dados solicitados.
        
Art. 8º Cada ficha de inscrição deverá ser colocada em apenas um (01) envelope, individualmente, ainda que o mesmo pacote contenha mais de um trabalho.

Art. 9º - A qualidade da gravação será importante para a avaliação na triagem, podendo a composição ser apresentada plenamente arranjada.

§ 1º: As composições deverão ser apresentadas em CD e devidamente identificadas, sendo um CD para cada composição.

Art. 10º - Cada composição deverá ser acompanhada de quatro (04) cópias de letras, nas quais deverão constar apenas o ritmo e o título da composição, sem identificação do autor.


Art. 11º - Serão pré-classificadas na triagem quatorze (14) músicas.

§ 1º: As composições pré-selecionadas serão apresentadas em duas etapas, sendo todas as (14) no dia 06.
Sendo que serão selecionadas doze (12) finalistas, que se reapresentarão no dia 07.

§ 2º: As doze (12) músicas classificadas na triagem farão parte do DVD do evento se este for feito.

§ 3º: As composições classificadas no 2º Resgate do Canto Nativo serão  divulgadas em evento  a ser promovido pelo mesmo.
                Art. 12º - As inscrições estarão abertas do dia 09 de Março de 2015 ao dia 20 de Abril de 2015, Após isso, a comissão avaliadora selecionará na triagem, dentre as inscrições as composições que efetivamente participarão e disputarão a premiação do Festival.   

Parágrafo único: - A Comissão Organizadora não fornecerá alimentação aos concorrentes, sendo de responsabilidade de cada um.

DA APRESENTAÇÃO:

         Art. 13º - A composição dos grupos que defenderão os trabalhos
pré-classificados, serão aceitos no mínimo três (03) e no máximo sete (07) componentes.

         Art. 14º - O uso do instrumental será livre, de inteira responsabilidade dos concorrentes. Haverá, no palco uma bateria montada à disposição.
Sendo que será vetada a utilização guitarra elétrica.
        
Parágrafo Único – A Comissão Organizadora colocará à disposição dos concorrentes um sistema de sonorização e iluminação profissional e o horário para equalização (passagem de som), será ‘a partir das 13hs e 30min. de sábado, com espaço de 10 min. por composição, sem prorrogação, não havendo possibilidade de horário alternativo, sendo que o descumprimento implicará na perda de pontos ou em falta grave a desclassificação da composição.

Art. 15º - Cada participante como instrumentista poderá defender até  quatro (4) composições no festival, sendo que o descumprimento deste ou quaisquer outros parágrafos deste regulamento implicará na desclassificação da obra, sem direito às  premiações previstas.

Parágrafo Único – O gaiteiro poderá defender até seis (6) composições concorrentes

Art. 16º - Cada interprete poderá defender até duas (02) composições (individualmente ou em dupla).

Parágrafo Único – Na interpretação, quem utilizar o recurso da leitura, não concorrerá ao prêmio de melhor interprete e, se for o caso, servira de critério de desempate para outras premiações.
Art. 17º – Todos os concorrentes deverão subir ao palco trajando, obrigatoriamente vestidos com indumentária típica do Rio Grande do Sul, não sendo permitida qualquer descaracterização, como o uso de tênis, camisetas, bonés, etc.

Parágrafo Único - Por se tratar de um espetáculo audiovisual, o uso de lenço e bombachas para os homens, e indumentária típica para as mulheres, será obrigatório, sob pena de desclassificação do trabalho.

Da Premiação:

Art. 18º - A premiação do 2º Resgate Do Canto Nativo – será a seguinte:

1º Lugar: R$ 500,00 Reais (Quinhentos reais) mais troféu.
2º Lugar: R$ 300,00 Reais (Trezentos reais) mais troféu.
3º Lugar: R$ 200,00 Reais (Duzentos reais) mais troféu.
Música mais Popular: Troféu
Melhor Instrumentista: Troféu
Melhor Intérprete: Troféu
Melhor Melodia: Troféu
Melhor Letra: Troféu
Melhor Conjunto Instrumental: Troféu
Revelação: Troféu
Disposições Gerais:
        
Art. 19º - A Comissão Organizadora do 2º Resgate Do Canto Nativo, não se compromete a credenciar familiares ou acompanhantes dos concorrentes.

Art. 20º - Todo o concorrente, uma vez inscrito no 2ºResgate Do Canto Nativo. – estará, automaticamente, autorizando a Comissão Central do evento a gravar e utilizar o seu trabalho para divulgação das futuras edições, se assim for necessário.
Parágrafo único – Os autores das composições classificadas, serão comunicados em tempo hábil e só subirão ao palco, se tiverem suas fichas técnicas assinadas.

Art. 21º - A Comissão Organizadora e o Grupo de Avaliadores são inteiramente responsáveis e soberanos em suas decisões, sendo estas irrecorríveis.

Art. 22º - O credenciamento de representantes da imprensa, apresentados por ofício à Comissão Organizadora do Festival, obedecerá aos seguintes critérios:

a)     Jornais, dois (02) profissionais; 
b)    Emissoras de Rádio, três (03) profissionais; 
c)     Emissora de TV, dois (02) profissionais.

Art. 23º - As omissões e dúvidas serão examinadas e resolvidas soberanamente pela comissão organizadora do festival, 2ºResgate Do Canto Nativo. 




resgatedocantonativo@gmail.com
Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente:

0 comments so far,add yours

Obrigado por participar!