Premiadas no 30º Reponte da Canção:

1º Lugar – Troféu Seival:
- Linha Campeira: “Tocador” (Santana do Livramento-RS);
- Linha Manifestação Regional: “Na cancha reta da liberdade” (Tramandaí e Osório-RS);

2º Lugar – Troféu Estância do Salso:
- Linha Campeira: “Mouro Pampa” (Piratini e Porto Alegre-RS);
- Linha Manifestação Regional: “Tempo, olho invisível” (São Lourenço do Sul e Santa Maria-RS);

Composição mais popular – Troféu Caixa Econômica Federal:
- “Uma lua de cavalos” (São Lourenço do Sul-RS)

Melhor instrumentista – Troféu Ernani Ferreira:
- Guilherme Ceron no baixo, pela composição “Arapuca”;

Melhor intérprete – Troféu César Passarinho:
- Vinicius Brum, pela composição “Tempo, olho invisível”;

Melhor poesia – Troféu Sérgio Laforet Padilha:
- Linha campeira: “Vidraça”, de autoria de Tiago Rodrigues Oliveira;
- Linha manifestação regional: “Tempo, olho invisível”, de autoria de Adão Quevedo;

Melhor arranjo instrumental – Troféu Lagoa dos Patos:
- “Na cancha reta da liberdade”, de autoria  de Cristian e Adriano Sperandir;

Melhor melodia – Troféu Noel Guarany:
- “Sonhos movidos à água e vento”, de autoria de José Roberto Correia Vieira;

Melhor tema ambiental – Troféu Chico Mendes:
- “A terra é de quem doma”;

Melhor tema litorâneo – Troféu Costa Doce:
- “Milonga da noite preta”;

Troféu Raízes – oferecido à personalidade que se destacou na trajetória do Reponte da Canção:
- Comissão artística do 30º Reponte da Canção: Arthur Martinez, Cíntia Santos, Maurício Raupp Martins, Noé Cezar da Silva, Simone Porepp e Silvestre Klering;
- Idealizadora do Encontro Estadual de Invernadas “São Lourenço em Dança”: Vivian Moura

Troféu Origens: Programa Galpão Crioulo – oferecido pela RBSTV ao destaque do festival:
- Zulmar Benites, instrumentista e compositor;

Premiadas no 22º Pérola Em Canto:

1º lugar na linha campeira – composição classificada para o 30º Reponte da Canção:
- “Uma lua de cavalos” (campeira);

1º lugar na linha manifestação regional – composição classificada para o 30º Reponte da Canção:
- “Romance do amanhecer” (milonga);

Melhor poesia – Troféu  Peão das Águas:
- “Uma lua de cavalos”, de autoria de Lauri Lopes;

Melhor arranjo instrumental – Troféu Peão das Águas:
- “Romance do amanhecer”, arranjo coletivo;


Fonte: Pref. São Lourenço do Sul
Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente:

0 comments so far,add yours

Obrigado por participar!