A Cavalgada do Mar ocorre no Litoral Norte Gaúcho e percorre os municípios de Torres, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Xangri-lá, Imbé, Tramandaí, Cidreira e Palmares do Sul. A cada ano o trajeto é feito num sentido: de Torres a Palmares do Sul ou vice-versa. As paradas são feitas em Torres, Arroio do Sal, Capão da Canoa, Imbé, Tramandaí, Cidreira, Pinhal e Palmares do Sul.

Clique aqui e visualize o mapa do percurso.
Acesse a Cartilha da Cavalgada do Mar AQUI.
Para fazer sua inscrição acesse AQUI.

PERCURSO DA 30ª EDIÇÃO:
FEVEREIRO DE 2014

DIA SEMANA CRONOGRAMA:

14 DE FEVEREIRO - SEXTA FEIRA - Concentração, credenciamento e inscrições em Dunas Altas- Palmares do Sul/RS.
15 DE FEVEREIRO - SÁBADO - Abertura da Cavalgada e Saída para Balneário Pinhal.
16 DE FEVEREIRO - DOMINGO - Saída para Cidreira.
17 DE FEVEREIRO - SEGUNDA FEIRA- Saída para Tramandaí.
18 DE FEVEREIRO - TERÇA FEIRA - Saída para Imbé.
19 DE FEVEREIRO - QUARTA FEIRA -Permanência em Imbé, Festa Campeira, Palestras e Oficinas. 
20 DE FEVEREIRO - QUINTA FEIRA - Saída para Capão da Canoa.
21 DE FEVEREIRO - SEXTA FEIRA - Saída Arroio do Sal.
22 DE FEVEREIRO - SÁBADO - Saída para Torres e Encerramento da Cavalgada do Mar.

Atrativos turísticos dos municípios
Em Torres, é possível
Tomar banho e surfar na Praia dos Molhes, Praia da Cal, Praia Grande, Prainha, Praia do Parque da Guarita e Praia da Itapeva, apreciar a belíssima vista do Morro do Farol, praticar rapel, escalada e voar de paraglider, fazer passeio de barco até a Ilha dos Lobos, pescar no Rio Mampituba, atravessar a Ponte Pencil e conhecer o município catarinense Passo de Torres, passear de barco até a Ilha dos Lobos para observar os lobos marinhos,voar de balão principalmente no Festival de Balonismo, passear de caiaque e de bicicleta e observar as tartarugas na Lagoa do Violão, passear de carruagem nas ruas do município, aproveitar os inúmeros bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, creperias, pizzarias e pastelarias, conhecer o Parque Paraíso das Miniaturas onde tudo é cópia da vida passada - resgatando a história - ou atual e encanta e atiça o imaginário e a curiosidade de crianças e adultos. Muitos objetos são feitos de material reciclável.

Em Arroio do Sal, é possível
Fazer trilhas ecológicas no Parque Tupancy com duração de aproximadamente 30 minutos, podendo observar capivaras, ratão do banhado, tartarugas, marreca piadeira, galinhola, gambá, lebre, jaçanã, garça, biguá, socó, cisne-do-pescoço-preto, dentre outros, desfrutar da Fazenda Caramurú, conhecendo o museu de equoterapia, a tafona de farina, a doma racional, e as demonstrações da «vaca louca», da doma gaúcha, das provas de tambor e rédeas, visitar a Fazenda Matão, conhecendo o museu campeiro com peças centenárias e as demonstrações de laço, prova campeira, percorrendo as trilhas em meio a mata nativa, e saboreando o verdadeiro chimarrão servido em chaleira de ferro, conhecer a Fazenda Pousada da Lagoa, andando de jet ski, remo, moto náutica e lancha na Lagoa Itapeva.

Em Capão da Canoa, é possível
Aproveitar os 11 balneários, passar o dia nos parques aquáticos Marina Park e Fazenda Ácqua Lokos, visitar o Santuário Nossa Senhora do Trabalho, conhecer o Parque Náutico Lagoa dos Quadros que é composto pier, pista de motocross, área verde, cavalos e esportes náuticos, frequentar o CTG João Sobrinho que conta com um parque de rodeios e possui invernadas artísticas, caminhar, fazer esportes, assistir shows ou apenas descansar no calçadão à beira mar, saborear as delícias gastronômicas preparadas nos bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias, conhecer os condomínios fechados. e frequentar as casas noturnas.

Em Xangri-lá, é possível
Descansar e fazer esportes nas inúmeras praças e parques, com destaque especial ao Parque Central recém reformado, visitar a colônia de pescadores na Barra do João Pedro, visitar o Moinho centenário que está em perfeito estado de funcionamento para moer a cana de açúcar, e beber o saboroso caldo de cana, conhecer o Grupo de Tradições e Cultura 20 de Setembro que possui invernadas artísticas e realiza diversos eventos no seu galpão, pescar na Plataforma Marítima, saborear as delícias gastronômicas preparadas nos bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias, frequentar as casas noturnas, participar do Planeta Atlântida, e conhecer os condomínios fechados.

Em Imbé, é possível
Pescar nos Moles da Barra, visitar o CECLIMAR que foi o 1° museu paleontológico da Região Sul do país com espécies marinhas, conhecer o Lago da Fonte composto por camping, playground, dentre outros, passear no Lago do Braço Morto com cardume de tainhas, praça e coreto, visitar a Casa do Artesão com exposição e venda de artefatos confeccionados pelos artesões locais, caminhar no calçadão e saborear as delícias gastronômicas dos diversos bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias, e frequentar as casas noturnas.

Em Tramandaí, é possível
Pescar na Plataforma Marítima, saborear os mais variados tipos de peixe, em especial a tainha, na Festa Nacional do Peixe realizada normalmente no inverno, visitar o Horto Florestal com trilhas ecológicas, observação de espécies de plantas e animais, visitar a Lagoa da Custódia composta por diversidade de espécies de peixes e aves, conhecer o Museu Abrilina Hoffmeiser que conta a história do município, desfrutar o museu de armas, as áreas de lazer e gastronomia do Parque Marechal Osório e acampar, frequentar as casas noturnas, e saborear as delícias gastronômicas preparadas nos bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias.

Em Cidreira, é possível
Jogar futebol no Estádio Municipal, participar de shows artísticos na Concha Acústica, e passear pelo calçadão que é composto por bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias.

Em Palmares do Sul, é possível
Visitar a Casa de Cultura com acervo histórico do município, conhecer as Lagoas do Cipó e do Casamento, vislumbrar as dunas da Praia do Quintão, e saborear as delícias gastronômicas preparadas nos bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e creperias.


Fonte e texto: http://www.cavalgadadomar.art.br/percurso

Compartilhe:

Identidade Campeira

Comente:

0 comments so far,add yours

Obrigado por participar!