Tauras


Foto: Gabriela J. Prestes Pacheco
Buenas amigos, a triagem da 27ª Tafona da Canção Nativa foi realizada no dia 21 de agosto, no Plenário da Prefeitura Municipal de Osório. O festival será de 14 a 17/9, a partir das 20 horas, contemplando a Manifestação Riograndense e Litorânea Gaúcha.

A comissão julgadora composta por Jaime Vaz Brasil, Loma Pereira, Luizinho Santos, Marco Araujo e Maria Luiza Benitez selecionaram as seguintes composições:

FASE REGIONAL

1 - Boi de Concha
Letra: Marcelo Maresia / Daniel Maiba
Melodia: Marcelo Maresia

2 - Cartas Para Sofia
Letra: Marcelo Maresia / Ivo Ladislau
Melodia: Marcelo Maresia

3 - Pescador de Sonhos
Letra: Chico Saga e Mário Tressoldi
Melodia: Chico Saga e Mário Tressoldi

4 - Cigana da Praia
Letra: Vaine Darde
Melodia: Paulinho Di Casa

5 - O Canto da Terra
Letra: Loreno Santos e Patrícia Camargo
Melodia: Loreno Santos

6 - O Menino
Letra: Vaine Darde
Melodia: Pedro Guerra

7 - Somos O litoral
Letra: Nilton Jr. da Silveira
Melodia: Nilton Jr. da Silveira

8 - A Minha Alegria
Letra: Jociel Lima
Melodia: Jociel Lima

9 - Divina Oração
Letra: Paulo César de Oliveira
Melodia: Paulinho Di Casa

10 - Anel de Rosa e Prata
Letra: Candido Osório da Rosa e Lealcindo Coelho Muniz
Melodia: Candido Osório da Rosa

SUPLENTE

- SEGREDOS DO VENTO
Letra: Marcelo Oliveira Ribeiro
Melodia: Douglas Teixeira dos Anjos


FASE NACIONAL

1 - BATUQUE DERRADEIRO
Letra: Bilora
Melodia: Bilora

2 - AVE LIBERTA
Letra: Ivo Ladislau
Melodia: Dado Jaeger

3 - A VITROLA E A BAILARINA
Letra: Bianca Bergman
Melodia: Arison Martins e Piero Ereno

4 - DOIS CONTADÔ
Letra: Diego Müller
Melodia: Érlon Péricles

5 - HERANÇA DAS ÀGUAS
Letra: Alessandro Gonçalves
Melodia: Alessandro Gonçalves

6 - MEU MATE DE DOZE BRAÇAS
Letra: Kuka Pereira
Melodia: Tuny Brum

7 - CASTELO DE AREIA
Letra: Chico Saga e Mário Tressoldi
Melodia: Chico Saga e Mário Tressoldi

8 - ESCRAVOS DA ESSÊNCIA
Letra: Angelo Franco e Hique Barbosa
Melodia: Angelo Franco

9 - BANDEIRA DE SÃO JOSÉ
Letra: Loreno Santos e Carlos Roberto Hahn
Melodia: Loreno Santos

10 - MILONGA BRANCA
Letra: Davi Teixeira
Melodia: Mateus Alves Neves



Para comemorar a data, a Comissão Gaúcha de Folclore estará promovendo um programa especial - "Falando em Folclore" - dia 22 as 19h com os membros da Diretoria da entidade. A transmissão será feita nos estúdios da AG Produtora, através do amigo Odilon Ramos, em sua Rádio Web Campo Afora. O programa contará com a presença do Diretor Regional do Ministério da Cultura , Alvaro Franco, do Presidente da Comissão Gaúcha de Folclore, Ivo Benfatto, e da Presidente da Fundação Santos Hermann, Paula Simon. mediando a prosa, Rogério Bastos, contando ainda, com a secretária da CGF, Renata Pletz.

Algumas rádios que serão parcerias para retransmissão:

- Radio Santa Isabel FM de Viamão - Do amigo Celdo Broda.
- Radio Campo Afora, Santo Antonio da Patrulha - Odilon Ramos.
- Rádio Nordeste FM, de Bom Jesus -Diretor Fernando Valmórbida
- Radio Ideal FM, de Formigueiro - Antônio Missau
- Radio Campeiro FM. com, Cruzeiro do Sul - Diretor Claiton Miranda
- Rádio Guapo On Line, de Viamão - Diretor Adilson Castro
- Nova Onda Fm, de Bagé  - Diretor Oriovaldo Fagundes
- Radio Web Voz da Querência, de Canoas - Diretor José Biulchi 
- Radio WEB Quero Quero, de Porto Alegre - Diretor Ricardo Fontoura
- Rádio chimarrão, de Caxias do Sul - Com apoio de Rudy de Faveri             
- Rádio UAB FM, de Caxias do Sul                        
- Rádio Passos, de Água Santa RS                        
- Rádio Castelhana FM, de Mato Castelhano/RS                        
- Rádio Taborda, de Ponta Grossa/PR                        
- Mix Web Rádio Bento Gonçalves, de Bento/RS                        
- Rádio Tchê Gaudéria, de Passo de Torres/SC                        
- Web rádio Universo, de Ibiaçá RS
- Radio Capital Web, Luis Eduardo Magalhães/BA - Antônio Zanco, "Toninho Gaúcho"


Fonte e Texto: Rogério Bastos


8º Canto Xucro Galponeiro
Dias 06, 07 e 08 de outubro de 2017
Inscrições até 20/09/2017
Santana do Livramento/RS

REGULAMENTO

Art. 1º DOS OBJETIVOS
§1º - Resgatar e valorizar os intérpretes da nossa terra, que cantam a música regionalista na linha mais original xucra e autêntica que é tocada nos galpões. 

§2º - Divulgar esses trabalhos Rio Grande a fora.

§3º - Reafirmar através da música a importância da preservação das mais caras tradições rio-grandense, para a salvaguarda de nossa identidade gaúcha.

§4º - Integrar os músicos santanenses que realmente cantam a música de raiz, superando todos os limites e dificuldades que lhes são impostas, apresentando seus trabalhos com autenticidade, emoção, vibração, etc.

Art. 2º - DA PARTICIPAÇÃO
§1º - Somente poderão participar do festival, COMPOSIÇÕES INÉDITAS que não foram gravadas (CD), impressas ou editadas em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto terem participado de outros festivais, desde que não tenham sido premiadas ou integrarem o CD.

§2º - O concorrente após inscrever seu trabalho, não poderá divulga-lo até o final do evento.

§3º - Cada concorrente poderá inscrever o número de composições desejadas, podendo classificar no máximo 2 (duas). O INTÉRPRETE não poderá defender mais de 2 (dois) trabalhos.

§4º - Poderão participar os intérpretes acima de 15 (quinze) anos.

§5º - Não será permitido o uso de instrumentos musicais que não se identifiquem com as linhas do festival (GUITARRA, BATERIA, FLAUTA, ETC.) exceto o CONTRABAIXO E O TECLADO.

Art. 3º - DAS INSCRIÇÕES
§1º - Cada composição deverá ser enviada em CD, podendo ser gravação “caseira” (celular, gravador portátil, etc.), desde que seja clara para a avaliação do corpo de jurados, acompanhada de 5 (cinco) cópias de cada letra, tão somente com o nome da composição e o gênero musical.

§2º - Serão aceitas inscrições através do email: cantoxucrogalponeiro@gmail.com, com as composições em formato MP3 e em anexo cópia da letra e ficha de inscrição digitalizada, em caso de mais de uma composição as inscrições devem ser enviadas individualmente.

§3º - As inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 15 de agosto de 2017, encerrando-se IMPRETERIVELMENTE em 20 DE SETEMBRO DE 2017.

a) As inscrições deverão ser entregues: 
- Banca de Sapataria do Ademir Oliveira, Conde de Porto Alegre, 240/1.
Rua Rivarol dos Santos Padilha, 608. CEP 97576-360.

b) A triagem acontecerá no dia 23 de SET de 2017.

Art. 4º - DA CLASSIFICAÇÃO
§1º - Serão pré-selecionadas 10 (dez) composições para a “Linha Nativista Livre” e 16 (dezesseis) composições para a “Linha Xucra Galponeira”.

a) Para a classificação final serão selecionadas 8 (oito) composições na “Linha Nativista Livre” e 10 (dez) composições na “Linha Xucra Galponeira”.

§2º - Cada composição classificada na triagem terá um prazo de 48 horas antecedentes ao festival para entregar a relação de músicos que irão subir ao palco para defendê-la. 

a) As composições selecionadas deverão ser apresentadas no palco pelo mesmo grupo, sem acréscimo ou substituição de integrantes. 

b) Em cada composição poderá subir ao palco no máximo 6 (seis) e no mínimo 3 (três) músicos.

Art. 5º DA AJUDA DE CUSTO
§1º - Para cada música classificada nas linhas XUCRA GALPONEIRA e NATIVISTA LIVRE, haverá uma ajuda de custo em forma de “AÇÃO ENTRE AMIGOS” onde será entregue ao responsável de cada composição, um talão contendo 50 (cinquenta) números no valor de R$ 10,00 (dez reais) a unidade, concorrendo à 10 (dez) prêmios que serão sorteados individualmente no domingo dia 08 de outubro de 2017, no decorrer da final do festival.

§2º - O valor de R$ 500,00 (quinhentos reais) arrecadado, ficará sob responsabilidade do autor da inscrição.

Art.6º - DA PREMIAÇÃO

Linha Nativista Livre:
1º Lugar – Troféu “Walter Cardoso de Oliveira”
2º Lugar – Troféu
3º Lugar – Troféu
Melhor Poesia – Troféu 
Melhor Melodia – Troféu 
Melhor Intérprete – Troféu 
Melhor Instrumentista – Troféu 
Melhor Conjunto Instrumental – Troféu
Música mais Popular - Troféu 

Linha Xucra Galponeira:
1º Lugar – Troféu “Walter Cardoso de Oliveira”
2º Lugar – Troféu
3º Lugar – Troféu
Melhor Poesia – Troféu 
Música mais Autêntica – Troféu 
Melhor Intérprete – Troféu 
Música Mais Popular – Troféu
Melhor Apresentação em palco – Troféu
Revelação – Troféu
Destaque - Troféu

§ único – Os troféus de 1º Lugar levarão o nome de “Walter Cardoso de Oliveira” (in memorian) que é o patrão espiritual deste festival.

Art.7º XUCRINHO GALPONEIRO - INTÉRPRETE
§1º - Poderão participar crianças e adolescentes com idade de até 16 (dezesseis) anos, divididas em:

MIRIM: até 12 (doze) anos;
JUVENIL: de 13 (treze) a 16 (dezesseis) anos.

§2º - Serão selecionados 8 (oito) concorrentes em cada categoria.

§3º - Não haverá classificatória para a final, sendo assim, todas as composições irão subir ao palco no domingo da final. 

§4º - Nesta categoria NÃO serão exigidas músicas inéditas.

§5º - Cada composição deverá ser enviada em CD, podendo ser gravação “caseira” (celular, gravador portátil, etc.), desde que seja clara para a avaliação do corpo de jurados, acompanhada de 3 (três) cópias de cada letra, tão somente com o nome da composição e o gênero musical.

§ Único: O disposto no §2º, alínea A, do Art. 4º, servirá também para esta linha do festival.

§5º - Premiação
a) CATEGORIA MIRIM
1º Lugar – Troféu “Walter Cardoso de Oliveira”
2º Lugar – Troféu
3º Lugar - Troféu

b) CATEGORIA JUVENIL
1º Lugar – Troféu “Walter Cardoso de Oliveira”
2º Lugar – Troféu 
3º - Lugar - Troféu

§6º - Esta linha do festival será voltada ao INTÉRPRETE, sendo critério de avaliação: a afinação, interpretação, postura cênica, ritmo e fidelidade a letra, independente do ritmo ou estilo da musica escolhida.

Art.8º DISPOSIÇÕES FINAIS
§1º A comissão julgadora terá total autonomia que julgar necessário nas linhas do festival.

CONTATO:
(55) 8416-4092 ADEMIR ou (55) 8447-3552 MAURICIO.


FICHA DE INSCRIÇÃO
8º Canto Xucro Galponeiro


( ) Xucro Galponeiro - ( ) Nativista Livre - ( ) Xucrinho Galponeiro Juvenil Livre - ( ) Xucrinho Galponeiro Mirim Livre

Nome da Composição:__________________________________________________
Gênero Musical: ________________________________________
Autor da Letra : _______________________________________________________
CPF: ______________-_____ Tel.:__________________________
Endereço:____________________________________________________________
Autor da Música:______________________________________________________
CPF: ______________-_____ Tel.:__________________________
Endereço:____________________________________________________________
Nome do Intérprete: ____________________________________________________

Autorizamos a Comissão organizadora do 8º Canto Xucro Galponeiro, a promover a gravação da composição em CD e DVD com conteúdo do festival, reservando, contudo, os direitos autorais conforme prevê a lei.

Santana do Livramento, ___ de _________ de 2017.


______________ ______________
Autor da Letra Autor da Música


_______________________
Responsável




Buenas gauchada, nos dias 22, 23 e 24 de setembro de 2017, vai acontecer o Fest do Laço de Glorinha/RS. Além de shows e bailes, esta etapa é classificatória para a final do campeonato Gaúcho de Laço.





Clique nas imagens para uma melhor visualização do conteúdo!



O CTG Tropeiros do Rio Branco, da terra das águas minerais, te convida para mais uma Festa Campeira, que será realizada nos dias 21 e 22 de outubro de 2017, em Catuípe/RS.
São R$ 13.000,00 mil reais em prêmios!




De 09 a 20 de setembro, Taquara vivencia, a cultura e a tradição do gaúcho, num dos maiores eventos tradicionalistas do Rio Grande do Sul. O 11º Festejos Farroupilhas do Paranhana vai ser sediado na sede campestre do CTG "O Fogão Gaúcho" - ERS115 - Km2, Taquara/RS.




Dia 16 de setembro de 2017, acontece a 16ª edição da Cavalgada de Prendas de Cambará do Sul/RS. Venha participar da maior cavalgada de prendas do Brasil!

Informações pelos fones:
Tatiane Ferreira (54) 99910-4732
Cristina Klippel (54) 99674-8641
Eduarda Oliveira (54) 99950-3896
Isadora Klippel (54) 99614-3582
Vera Lima (54) 99989-2426
Mariana Fogaça (54) 99963-7527
Leonice Teixeira (54) 99618-5357
Gislene Costa 1º Prenda (54) 99642-0691




Festival Farroupilha 2017
Dia 20 de setembro de 2017
Inscrições até 31/08/2017
Parobé/RS


1 - REGULAMENTO
O Festival FARROUPILHA, regulamentado por este instrumento, é uma realização da Prefeitura Municipal de Parobé, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Será um festival de música nativista e galponeira, incentivando a participação de poetas, músicos e cantores identificados com a cultura do Rio Grande do, tendo como baliza as referências culturais norteadoras da cultura gaúcha.

2 – DOS OBJETIVOS 
2.1 - Divulgar através da poesia e da música os verdadeiros valores da cultura gaúcha, de forma a preservar a arte, a imagem e o autêntico sotaque do Rio Grande do Sul, mantendo viva a terminologia, a indumentária, os usos e costumes característicos do Pampa Gaúcho.

2.2 - Valorizar o homem e a lida do campo, personagens da nossa história, retratando a sua importância para a literatura e para a sustentação do folclore do Sul do Brasil e países do Mercosul.

2.3 - Resgatar as peculiaridades musicais e poéticas do Rio Grande do Sul, na afirmação de suas crenças e na busca incessante de suas raízes.

2.4 - Promover os intérpretes, pesquisadores e artistas em suas potencialidades artísticas e culturais.

2.5 - Desenvolver na população em geral, o apreço pelas manifestações artísticas sul rio-grandenses.

2.6 - Tornar o município um pólo catalisador da música regional e crioula.

3 - DA INSCRIÇÃO E PARTICIPAÇÃO
3.1 - Poderão participar compositores e intérpretes de todo o Rio Grande do Sul, desde que obedeçam as normas deste regulamento.

3.2 - Serão aceitos trabalhos inéditos ou não, desde que identificados com a cultura regional, étnica, urbana e campeira do Rio Grande do Sul.

* A idade mínima para participar é 14 (quatorze) anos completos.

3.3 - As inscrições são gratuitas e ilimitadas.

3.4 - O FESTIVAL FARROUPILHA será realizado no dia 20 de Setembro de 2017, tendo como local o Salão Social do DTG Querência Azaléia, Parobé- RS, com horário de início previsto para as 19 horas e 45 minutos.

3.5 – Há duas maneiras de inscrever-se no festival:

3.5.1 - Pelo correio: enviar a ficha de inscrição, devidamente preenchida e assinada. Cada composição deverá ser enviada em CD de Áudio, acompanhada de 06 (seis) cópias digitadas da letra, constando no CD e em todas as vias, o nome da composição e o gênero musical;

3.5.2 - Pelo e-mail: festivalfarroupilha@gmail.com, enviando como documentos anexos:

• Arquivo MP3 com o áudio da música inscrita
• Arquivo Word, com a letra da composição digitada em fonte Arial 12.
• Arquivo Word, informando todos os dados solicitados na ficha de inscrição.

3.6 – As inscrições deverão ser endereçadas à “COMISSÃO ORGANIZADORA DO FESTIVAL FARROUPILHA”, Rua João Mosmann Filho, 143 - Bairro Centro, CEP 95630-000, Parobé/RS.

3.7 – Somente serão aceitas as inscrições que chegarem à Comissão Organizadora até às 17 horas do dia 31 de Agosto de 2017, independente da data de postagem nos correios.

3.8 – Os artistas intérpretes e o(s) autor(es), no momento de sua inscrição e participação no FESTIVAL FARROUPILHA, reserva(m) os direitos audiovisuais de sua obra ao evento e à Prefeitura Municipal de Parobé, autorizando sua divulgação, bem como sua gravação e comercialização.

3.9 – O Festival não indenizará ou remunerará qualquer pessoa por sua apresentação ou execução de instrumento no palco do festival.

4 – DA SELEÇÃO E CONCURSO
4.1 - A Comissão de Triagem e Julgamento selecionará, no dia 05 de Setembro, 12 composições para serem apresentadas no palco do Festival. As classificadas poderão ser consultadas no site www.parobe.rs.gov.br.

4.2 - A ordem de apresentação das composições pré-selecionadas será definida pela Comissão Organizadora, logo após a triagem, não sendo aceitas alterações posteriores.

4.3 - Caberá à Comissão Organizadora a escolha do corpo de jurados.

4.4 – O número de músicas inscritas por compositor é ilimitado.

4.5 – O(s) músico(s) poderá(ão) subir ao palco em até seis músicas concorrentes.

4.6 – O(s) intérprete(s) poderá(ão) subir ao palco em no máximo duas músicas.

4.7 - Os intérpretes ou músicos que subirem ao palco do Festival deverão apresentar-se devidamente pilchados, não sendo permitido o uso de camisetas com propaganda ou alusão a qualquer outro tipo de manifestação que não seja relacionada à cultura do Rio Grande do Sul.

5 – DA PREMIAÇÃO
5.1 - Aos vencedores do Festival FARROUPILHA, caberá a seguinte premiação:

• 1º lugar: R$800,00 (Oitocentos reais) e Troféu
• 2º lugar: R$500,00 (Quinhentos reis) e Troféu
• 3º lugar: R$300,00 (Trezentos reais) e Troféu
• Melhor instrumentista: Troféu
• Musica mais campeira:  Troféu.

5.2 A avaliação para a premiação será somente pela interpretação do conjunto da obra do palco.

6 – DA PROGRAMAÇÃO:

20 de Setembro de 2017:
13 h – Passagem de som 
16h - Solenidade de abertura
16h15min – Apresentação dos Concorrentes 
17h30min – Show de intervalo 
18h30min – Divulgação dos resultados e entrega das premiações, seguido de Baile até às 22h.

7 – NORMAS GERAIS
7.1 – Serão credenciados somente os compositores, músicos e intérpretes participantes, ficando o Festival obrigado a credenciar um acompanhante de qualquer natureza, por compositor/músico/Intérprete.

7.2 – A Comissão Organizadora reserva-se o direito de, em qualquer momento, excluir do evento o concorrente ou grupo cujos participantes infringirem as normas deste regulamento.

7.3 – Os casos omissos a este regulamento serão resolvidos soberanamente pela Comissão Organizadora.

7.4 – Maiores informações sobre o evento:

Site: www.parobe.rs.gov.br.
E-mail: festivalfarroupilha@gmail.com
Telefone: 9 98417874 – 3543 1000



Na noite deste sábado, 12, foi realizada a fase final do 10º Canto Nativo, festival que aconteceu junto à 20ª Expofeira e 8ª Feicisa de Santo Augusto-RS.

Os vencedores do 3º Cantinho Nativo apresentaram-se na abertura da fase final, logo em seguida subiram ao palco dez composições, sendo seis músicas da fase geral, três da fase regional e duas da fase local. O show de intervalo foi do cantor Luiz Marenco.


Os vencedores do 10º Canto Nativo são:

1º lugar
As duas faces do campo
Letra: Valdir Disconzi
Música: Halber Lopes
Interpretação: Francisco Oliveira e Leonardo Paim

2º lugar
Guitarra em sonho te chamo
Letra: Diego Müller e Ramiro Amorim
Música: Guilherme Castilhos
Interpretação: Juliano Moreno

3º lugar
Quando findar meu tempo
Letra: João C. Köning
Música: Luiz C. Campos
Interpretação: José Ricardo Nerling

Melhor letra
As duas faces do campo
Letra: Valdir Disconzi
Música: Halber Lopes
Interpretação: Francisco Oliveira e Leonardo Paim

Melhor Intérprete
José Ricardo Nerling
Quando findar meu tempo

Melhor arranjo
Guitarra em sonho te chamo
Letra: Diego Müller e Ramiro Amorim
Música: Guilherme Castilhos
Interpretação: Juliano Moreno

Melhor grupo instrumental
Agilidade Campeira
Letra: Binho Pires
Música: Érlon Péricles
Interpretação: Érlon Péricles

Melhor Instrumentista
Guilherme Castilhos
Música: Agilidade campeira

Música mais popular
Temo oitavado
Letra e música: João Perusatto
Interpretação: Luciano Gonçalves e Renan Candaten

Talento Regional
Coragem e vida
Letra e música: Luciano Gonçalves / João Perusatto


Música Destaque Regional
A seiva da vida
Letra: Vitor Fioravante Bertei
Música: Marcelinho Carvalho
Interpretação: Léo Almeida e Grupo Parceria

Troféu campeão de premiações no canto nativo
Rômulo chaves


Texto e foto: Daniela Vargas/Agência Da Hora